6ª Edição – Manual Básico do Instrutor de Armamento e Tiro

R$55,00

PREFÁCIO

Ao ler esse manual, pude voltar um pouco no tempo, em 1997, quando da publicação da Lei 9437/97 buscávamos levar aos legisladores, propostas não somente de uma nova sistemática de aferimento do manejo de arma de fogo para a categoria Defesa Pessoal, mas também a introdução do profissional de Instrução de Armamento e Tiro.

Categoria

Descrição

PREFÁCIO

Ao ler esse manual, pude voltar um pouco no tempo, em 1997, quando da publicação da Lei 9437/97 buscávamos levar aos legisladores, propostas não somente de uma nova sistemática de aferimento do manejo de arma de fogo para a categoria Defesa Pessoal, mas também a introdução do profissional de Instrução de Armamento e Tiro.

Entendo que não poderemos combater a ignorância de se associar o uso legal e eficiente de arma de fogo com o aumento da insegurança pública e a criminalidade, sem mostrar a sociedade, aos legisladores e autoridades que os usuários de armas de fogo e os profissionais da Instrução de Armamento e Tiro são capazes, responsáveis e competentes.

Vejo neste manual, aspectos que conduzem esse comprometimento, uma vez que leva ao futuro profissional uma proposta clara, concisa e objetiva. Conhecer a aplicabilidade da Metodologia de Ensino, diversos métodos estabelecidos e reconhecidos como eficientes ao ensino do Manejo de Arma de Fogo; a construção didática e pedagógica de um plano de aula e sua execução; conhecer os tipos de armas de fogo e seus mecanismos de funcionamentos; acessórios e tipos de munições; procedimentos de segurança em aula e para o uso real da arma de fogo e outros aspectos abordados neste material, certamente irão possibilitar a confiança de que o futuro Instrutor de Armamento e Tiro terá condições de ensinar tranquilamente.

Como toda ação precisa de planejamento, execução eficiente e análise dos resultados, o futuro profissional deverá ter a visão do todo para melhor entender cada etapa dessa construção.

A observância e conhecimento da lei vigente e suas regulamentações necessitam fazer parte consciente desse aprendizado, pois as responsabilidades assumidas fazem parte do contexto de quem opta por usar uma arma de fogo ou atuar na área da Instrução de Armamento e Tiro.

Parabenizo ao autor e a todos que de alguma forma puderam colaborar com esse trabalho e espero que os futuros Instrutores e leitores possam dar prosseguimento a evolução daquilo que sonhamos no passado. Plantar sementes faz parte da vida; regar é necessário; esperar é inevitável, mas o fruto confirma que vale a pena sonhar. Abraços a todos.

 

EDUARDO CHAKLIAN:   Ex-Agente da Policia Federal, instrutor de armamento e tiro,  foi chefe do SINARM-SC/PF, foi professor na ANP, idealizador do credenciamento de instrutor, foi o primeiro presidente da Comissão Nacional de Credenciamento de Instrutor de Armamento CONAT/PF.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “6ª Edição – Manual Básico do Instrutor de Armamento e Tiro”